31 agosto, 2008

Entrevista com...

Almudena Cid
Como nunca é demais recordar as grandes ginastas, e até porque é com elas que aprendemos, aqui vos deixo uma emocionante entrevista com a Almudena.

28 agosto, 2008

Para a história fica...

Rússia mantém o domínio na Ginástica Rítmica
Após a vitória individual de Evgenyia Kanaeva veio a vitória do conjunto da Rússia.
Com mais ou menos polémica nas duas competições, as vencedoras foram encontradas com pouca diferença pontual em relação às suas mais directas seguidoras.

Ginastas de grande nível, actuações de grande qualidade, desilusões, surpresas, confirmação de novos valores na hora da despedida de outros maiores. Enfim, é a competição e a politica que (infelizmente) ainda envolve. Politica castradora da verdade desportiva, manto negro sobre uma competição que deveria brilhar fruto do trabalho das atletas.



No praticável, uma final emocionante em que Olga Kapranova se sentencia a si própria com uma actuação "desastrosa" em Maças tirando uma pontuação muito baixa e que por consequência lhe retira a esperança no titulo, Bessonova arranca duas excelentes provas, Maças (terrivelmente mal pontuada para desespero da própria e do público) e Fita(prova soberba) acabando de vez com a possibilidade de Kapranova poder entrar nas contas das medalhas. Kapranova fora e a subida da ginasta Inna Zhukova ao segundo lugar foram as grandes surpresas da prova. Quanto à vencedora, Evgeniya Kanaeva, reforçou os bons indicadores que tinha dado até então nas provas que antecederam os JO e arrancou uma vitória relativamente fácil ficando a quase 4 pontos da segunda ginasta. Na terceira posição ficou Anna Bessonova. Sofreu como mais nenhuma atleta, sempre que tinha que sair a sua nota lá tinha que haver reunião de juízes levando a ginasta ao desespero. Renovou o Bronze de 2004, uma boa prestação embora fique a sensação de que a realidade dos números deveria ter sido um pouco mais generosa para ela.

Nos conjuntos e após uma qualificação menos boa a Rússia acaba em primeiro seguida da China(Surpresa?) e pelas primeiras classificadas nas provas de qualificação, a Bielorrússia. Itália, até então vice campeã Olímpica, acaba surpreendentemente na quarta posição deixando uma vez mais o sabor de injustiça no ar.



A verdade é que, a generalidade das ginastas individuais e conjuntos pautaram as suas actuações com um nível elevadíssimo sendo quase impossível ao "comum mortal" encontrar defeitos ou erros para as comparar e classificar. Pode-se gostar mais de um estilo que outro, pode-se simpatizar mais com uma ginasta do que com outra mas é inquestionável que... são todas grandes ginastas e como a organização disse no inicio, foram elas que fizeram da competição de Ginástica Rítmica, e apesar de tudo, "o mais belo evento olímpico".

.

23 agosto, 2008

"Mi despedida será besando el tapiz"






Dez anos de diferença separam a ginasta Almudena(28) da grande potencial do momento Yevgenia Kanayeva(18).

Quatro participações nos Jogos dão-lhe um histórico único e valioso e as quatro participações nas finais da competição o inegável reconhecimento mundial pelo feito, ainda mais numa disciplina como a Rítmica. Com um currículo riquíssimo Almudena teima em contrariar a lógica de idades para ginastas nesta competição.

Seguramente que Almudena, veterana e por isso consciente e sapiente das suas capacidades, e principalmente, das capacidades das suas opositoras, não terá nos seus objectivos um lugar no pódio, no entanto, para quem planeia terminar com esta participação a sua carreira, que justo e tão merecido prémio é a sua participação nas finais.
Que seja um grande dia de festa para ela.


video
:: Almudena Cid ansiando pelos resultados e o seu natural contentamento com a passagem às finais::

Foto: NBC Image

22 agosto, 2008

Primeiro dia de GR em Beijing

Abro este post com um cumprimento especial à nossa representante na Modalidade. Pois é, temos lá uma representante, ok, não no tapete é certo, mas na mesa, naquela que decide tudo no fim.

Ida Pereira está nos Jogos como Juiz pela terceira vez consecutiva e ficam aqui expressos os votos de sucesso para o desempenho das importantes funções que tem a seu cargo.


Após o primeiro dia de provas e as grandes dificuldades para nós, em Portugal, podermos assistir às transmissões da nossa modalidade aqui vos deixo algumas imagens da prova.

As contas ainda são muito primárias mas para não variar, a Rússia domina o evento. A Kanaeva que este ano tem tido grande regularidade nas provas em que participou teve para já uma falha grave no seu exercício de Corda que a afastou do primeiro lugar. Bessonova não descola e espera a sua oportunidade de retirar uma das Russas da frente. Olga Kapranova domina o evento a pouca distância da sua compatriota Kanaeva.

Nos conjuntos Belaraus lidera a competição seguida pela Equipa da casa, a China e em terceiro a Italia. A Rússia, bi-campeã em titulo, ocupa o quarto lugar.

1 RUS KAPRANOVA Olga 18.350 (1) 18.475 (2) 36.825
2 RUS KANAEVA Evgeniya 17.850 (=4) 18.700 (1) 36.550
3 UKR BESSONOVA Anna 17.950 (2) 18.450 (3) 36.400



21 agosto, 2008

"The most beautiful Olympic event"

Aqui ficam as primeiras imagens de Ginástica Rítmica nos Jogos.

Sob o titulo de "
The most beautiful Olympic event" a Rítmica arrancou com actuações de Gala de várias ginastas e equipas.
O que aqui publico é de Olga Kapranova, uma das sérias candidatas ao ouro na prova.
Thanks Gabby for sharing this video ;)

20 agosto, 2008

A GR nos Jogos Olímpicos

No contexto de idade dos JO a Ginástica Rítmica é ainda um "desporto bebé".

Apesar da sua ancestral idade, a ginástica rítmica(GR) teve a sua génese no longínquo ano de 1814 e como base um sistema de exercícios livres implantado na Suécia por um tal de Peter Henry Ling(paz à sua alma), em Beijing, será apenas a sétima edição dos jogos com a realização de competição em GR. Só em 1984* foi introduzido como desporto Olímpico sendo que, apenas em 94 se introduziu a GR de Conjuntos.

Com uma história tão curta, ainda é fácil juntar todas as campeãs olímpicas que a modalidade já conheceu.


:: 1984 Lori Fung, CAN ::
De 23º para campeã olímpica. Um ano antes do primeiro triunfo olímpico da história, Fung tinha tido no Campeonato do Mundo, um prestação no mínimo mediana, 23ª posição. Em 84 com o boicote Soviético aos Jogos, as grandes ginastas Russas não estavam presentes deixando espaço para outras atletas de outros países aparecerem, e foi o que aconteceu. No campeonato Mundial seguinte, Fung terminou na nona posição mostrando assim que o seu titulo olímpico não tinha sido apenas uma questão de sorte.



:: 1988 Marina Lobach, URS ::


:: 1992 Aleksandra Timoshenko, EUN ::


:: 1996 Ekaterina Serebryanskaya, UKR ::


:: 2000 Yuliya Barsukova, RUS ::


:: 2004 Alina Kabaeva, RUS ::

No fim desta edição dos JO, nós cá por casa, gostaríamos de acrescentar uma nova fotolegenda a esta lista, desta vez, qualquer coisa como :: 2008 Anna Bessonova, UKR ::
Aguardemos para ver ;)

*1984 foi também o ano em que Carlos Lopes, nos JO, ganha a Maratona por Portugal
.

19 agosto, 2008

Gymnastics Rhythmic -Beijing08


A poucos dias da nossa modalidade ter inicio nos JO, e enquanto passa o tempo para assistir a mais uma representação nacional, decidi perceber onde e em que condições irão decorrer as provas de Ginástica Rítmica.

Tudo irá acontecer no Complexo desportivo Beijing University of Technology Gymnasium. Um espectacular pavilhão desportivo construído de raiz e que depois dos JO irá servir a Universidade a população local e ser a base de treino da Selecção Nacional Chinesa de Badminton. Fantástico.


Um pavilhão ecológico, como mandam as normas de boa cidadania e da arquitectura moderna, em que preocupações com pormenores como a climatizarão nos deixam estupefactos com as soluções encontradas. Tanto na Rítmica, mas principalmente no badminton, as condicionantes climatéricas e nomeadamente da velocidade do vento são muito importantes pois podem facilmente alterar as trajectórias quer das penas quer dos aparelhos da GR, como tal, foi montado um engenhoso esquema de ventilação pessoal (qualquer coisa como 9.100 pequenas ventoinhas) que manterão todos os espectadores bem fresquinhos e a temperatura do pavilhão adequada, sendo que, não haverá no interior réstia de corrente de ar que possa provocar o indesejado desvio de um aparelho de ginástica. Obviamente que nós por cá não temos esses problemas :D

Com uma capacidade para cerca de 7.500 espectadores, o ginásio possui um espaço de treino e outro distinto para a competição. No inicio da sua construção toda a zona envolvente (área onde se encontra a Universidade) sofreu uma reformulação no sentido da melhor integração final de todos os elementos no espaço, Ginásio Universidade e zonas verdes.



Apesar da "tenra idade" deste complexo as grandes protagonistas da GR já tiveram oportunidade de por lá passar e disputar uma prova de adaptação e preparação. Adaptação não só das ginastas mas do próprio espaço e ainda de todos os voluntários que desde algum tempo vão tomando contacto com as modalidades que por lá irão passar. A prova em questão decorreu no ano passado em Dezembro, com o nome de "Good Luck Beijing - 2007 Rhythmic Gymnastics International Invitational Tournament" e na qual a ginasta Russa Olga Kapranova levou o Ouro seguida pela Anna Bessonova Prata e Bronze para a Aliya Garayeva do Azerbaijão. Também a China conseguiu nesse evento uma importante medalha de bronze mas em conjuntos, seguramente um bom tónico para a equipa da casa.

VENHAM AS PROVAS!

Fotos: Site dos JO
Fotos das atletas: Xinhua Photo
.

18 agosto, 2008

Parabéns Vanessa Fernandes

Em Setembro passado prometemos à Vanessa Fernandes que a estaríamos a apoiar na sua participação Olímpica. Prometido é devido, e como tal, por cá estivemos a torcer por ela, em directo.

Parabéns Vanessa por mais um excelente titulo.



.

Aliens???

... e se um dia descobrissemos que temos umas "aliennzinhas" em casa :)

10 agosto, 2008

Kunsthal Rotterdam - Antony Gormley

Como sempre, e porque é em altura de férias que nos sobra um pouco de tempo, aproveitamos para ver alguma de arte, visitamos uns museus e abrimos a mente a novas imagens novas propostas.
Desta vez fomos visitar o museu Kunsthal Rotterdam e ver uma exposição do artista plástico Antony Gormley. Uma espectacular instalação com esculturas modelos do seu próprio corpo e ainda, numa sala contígua, a simulação de uma cidade com dezenas de blocos de cimento nos quais podíamos divagar e nos perder.








08 agosto, 2008

O Mundo encantado de Efteling





Ontem fomos visitar um grande centro de diversões Holandês.
Efteling

Bem, chamar apenas "Grande Centro de diversões Holandês" é redutor para este grande parque. O Historial de prémios a nível mundial é tão significativa que mais apropriado será dar-lhe o titulo de Grande Centro de diversões Mundial. Justiça seja feita à espectacularidade de Efteing.

Escusado será dizer que foi adrenalina até mais não :) muitos lopings, muita emoção muita água, muitas histórias de encantar.

Efteling é fenomenal, a água é um dos principais atractivos, (ou não fosse ele na Holanda) e o parque é extraordinariamente bem inserido na natureza com imensas zonas verdes e florestais nas quais todas as diversões estão perfeitamente embutidas.

Altamente recomendável.


::a adrenalina "jorrava" na altura em que avistámos a entrada do parque::

::nós com anfitrião de Efteling, o duende Pardoes::

::uuuuiiiiiiiiiiiii - FANTÁSTICO::
::o mundo verde de Efteling::

::o mundo encantado de Efteling::

04 agosto, 2008

Os Animais são nossos amigos...




Quem conhece a Maria e (principalmente) a Bruna sabe que animais para elas, quanto mais longe melhor.


No entanto, quando se passa uma temporada num sitio em que estes são Reis donos e senhores do lar, que remédio senão se adaptarem à situação.

No caso da Bruna criou-se mesmo uma relação de amor com o gatinho da casa. O Kitten, filho da Semi, anda pela casa, procura o seu sitio e espera pelos carinhos que a Muna descobriu ser capaz de dar. Por isso, quando não a vemos por perto já sabemos que estará numa das divisões em troca de mimos com um dos dois gatinhos.


Aqui ficam os animais que estão actualmente a partilhar os seus espaços connosco.


:: Jodha(Leão da Rodésia) vive com o Martin e com o Kees ::


:: Kees(Mistura de Budog Francês com Chinese Pug) vive com o Martin e com o Jodha ::


:: Kitten, é o gatinho mais novo. É enorme, parece um Tigre ::


:: Semi, é a mãe de Kitten. Está de novo grávida(30dias) e mais um pouco ainda assistíamos ao nascimentos das novas crias da casa ::

.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails